segunda-feira, 4 de maio de 2009

A volta da volta!



É...pra começar, estou com muita vergonha de voltar assim... na cara de pau! Jurei não sumir, mas não deu...mudança de endereço, problemas com internet e só pude estar de volta agora!!
Mas, o que alivia a minha consciência é que não prometi nada...jurei! E só!
E todo mundo sabe que: QUEM JURA, MENTE!!!!rs


9/ 01/2009

Sexta-feira.
Hoje estou me sentindo só. Mas não é por ter mudado de endereço. É mais que isso.
Enfim começo a sentir falta de grandes emoções, de palpitação no peito, daquela ansiedade gostosa, de me perder em pensamentos durante o dia...até de briguinhas bobas hoje eu estou sentindo falta...talvez nem seja das brigas e, sim, do chamego de depois...





-----------------------------------------------------------------------------------

Algum dia de Fevereiro...


Depois de 2 meses aqui em casa, minha vó foi embora hoje. Apesar de quase não ouvir mais e passar a maior parte do dia calada, costurando...a casa ficou vazia. Voltei do trabalho e, mesmo sabendo que se ela estivesse aqui, já estaria dormindo, senti a casa ôca!

Amanhã cedo quando eu sair, quem vai dizer: "Senhor do Bonfim te acompanhe" e, logo depois, disparar uma lista de sacanagens???rs! Era assim todos os dias. Aliás, ela É assim todas as horas. Desbocada como ela só! Diz que quer morrer, mas quem acredita?!? Eu mesma não!! No aniversário do ano passado, liguei pra ela e desejei "muitos anos de vida"! Ela brigou comigo!hahahaha!! Mas eu nem tive filho ainda pra ela querer morrer agora!! É cada uma...

Acho minha vó uma pessoa abençoada por uma série de razões (inclusive, por ter conseguido fugir de Lampião!!rs!). Apesar dos seus 96 anos, a luz dela ainda é muito forte.

E, por ela ter voltado para casa, a minha ficou às escuras...


Essa é ela...dançando Créééééú!!rs!
-------------------------------------------------------------------------------------------



2/3/2009



Porque será que eu continuo obcecada por essa coisa chamada CONSIDERAÇÃO, mesmo sabendo que a maioria das pessoas com as quais eu convivo só sabem o que é isso quando é para EU ter por elas???



"Não tenho nenhuma religião instituída, mas tenho uma profunda visão religiosa, sagrada, da natureza, das pessoas, do outro..."

Lya Luft


Talvez seja essa "visão sagrada" do outro que falte à : VOCÊ, VOCÊ e VOCÊ !!
É, talvez seja isso...


------------------------------------------------------------------------------------------
Algum dia de Março...


Hoje estou com saudades.
Não posso falar de quem. Na verdade, além de saudade, estou com uma dúvida:
Posso sentir saudade de 2 pessoas? É feio isso??rs!



-------------------------------------------------------------------------------------------

29/3/2009





Aniversário de um dos meus maiores amores: Salvador.

460 anos!

Primeira capital do Brasil, Salvador é dona de tantas qualidades que até gera um certo ciúmes por parte de outros Estados.

Aqui as coisas e as pessoas parecem ser mais coloridas. E são. São, por conta do Sol que dá à nossa pele essa "morenice" e ressalta as cores das belezas naturais da cidade.

E o povo??? Ahh, igual a esse não tem! Os soteropolitanos trazem o turista para dentro de casa! Levam para comer o caruru de 7 meninos, resultado de uma promessa que a vizinha da sogra do amigo, fez. Falta de educação que nada...a gente gosta de receber as pessoas na nossa casa, gostamos de incluir todo mundo na nossa festa! E, num minuto, quem era "de fora" vira " de dentro", da família!!

Tenho cá pra mim, que esse sotaque meio cantado, foi colocado em nós de propósito. Afinal, pessoas felizes, cantam. E nós somos felizes mesmo com as adversidades. Sabe porquê? Porque isso é ser inteligente! E baiano burro nasce morto, todo mundo sabe disso! De que adianta ficar só no lamento?? "Pobre de quem acredita na glória e no dinheiro para ser feliz!", já disse (cantando) o baianíssimo Dorival Caymmi.

Parabéns, minha terra!!!


---------------------------------------------------------------------------------------------

?????

Acho que descobri porque aparento ter menos de 30:
Porque a minha convivência maior é com pessoas mais jovens.

Acho que descobri porque gosto de homens mais velhos:
Porque a minha convivência maior é com pessoas mais jovens.

BINGO!!!

-----------------------------------------------------------------------------------------------

3/4/2009


Sei lá viu, o dia não foi legal...sensação ruim, mau-humor, irritação, pouco sorriso e quase nenhuma gaiatice.

Essa pessoa não sou eu. Essa é aqueeeeeeeeela pessoa daqueeeeeeeeela outra época lááááááááá atrás, no início do blog.

O que eu sei é que misturado a isso tudo, paira sempre na minha cabeça, o medo
. Medo do "vale a pena ver de novo". Até porque nem vale a pena! Não mesmo.

Eu deveria ter continuado com a terapia. Eu deveria ter esperado a psiquiatra me dar alta dos remédios. Agora tô aqui...com a maior sensação de "gripe mal curada"!

Engraçado é como nessa horas, os meus pensamentos correm feito loucos na minha cabeça. De um lado para o outro. Como se tivesse acendido a luz de alerta e os neurônios estivessem trabalhando em pânico para resolver tantas questões emocionais pendentes (mas são os neurônios que resolvem as questões emocionais??Hum...antes fossem!).

Ah, os malditos traumas. Cicatrizes. Recalques. Sou toda tatuada por dentro. Talvez quem me veja, nem diga. A minha briga é interna, é minha comigo mesma. Por mais que eu escreva aqui ou me pendure no ombro amigo de Mari, nunca digo tudo. Mas não é porque eu quero, é porque não consigo de verdade. Tem sensações, medos, inseguranças que, por mais que eu abra a boca, não consigo articular palavra alguma, não sai som. Porque é inexplicável. Íntimo demais, talvez. Quem sabe íntimo demais até pra mim...

E é essa a minha angústia: querer dizer, colocar pra fora e não conseguir...ficar afônica.

"Por mais que eu pense, que eu sinta, que eu fale
Tem sempre alguma coisa por dizer..."
Hebert Vianna


------------------------------------------------------------------------------------------------


6/4/2009


Ele falava de sentimento.
Então, eu perguntei:
- De que cor é a saudade?
Ele:
- A saudade, Ana Paulinha, tem a cor da pele de quem nos faz falta.


----------------------------------------------------------------------------------------------

4/5/2009


Tá vendo só?? Estava tudo devidamente guardado no meu caderno!!rs!